Com quase dois anos de vasta experiência em gravações presenciais, o podcast Minuto de Silêncio já teve convidados maneiros pra caraca e malas demais. Como não temos pudor e gostamos de expor as pessoas e gerar constangimento hehe, resolvemos abrir a caixa preta do nosso avião: “10 coisas que um CONVIDADO de podcast faz que irritam pra caralho!”

1 – Se autocensura.

Autocensura

Você convida o sujeito para falar de prazer anal. Liga pra ele e fala: “Salve, Pereira, tu é um cara que saca tudo aí de sentir prazer na rosca, vamos acabar com esse preconceito e falar disso?” Ele se empolga: “Claro, pô! Será uma honra.” Chega no dia, o desgraçado senta à mesa e diz: “galera, só não queria muito falar dessa parada de prazer anal, porque comecei a namorar e minha mãe vai ouvir… podemos sei lá, falar de viagens?”Ah, vá viajar pra PUTA QUE O PARIU!

2 – Fala fora do microfone.

come microfone

E aí vai começar a gravação, você vira pro Joelson e diz: “Joelsão, fala pertinho do microfone, tá, lindo?”E ele responde: “Claro, deixa comigo!” Primeira fala: 1 km de distância. Segunda fala: 2 km de distância. Terceira fala: Falando lá da puta que o pariu. Joelson tem traumas com microfone. #fato

3 – Fica de papo pelo smartphone durante a gravação.

crazy-with-cell-phones

Todo mundo batendo papo e o cara com a fuça enfiada no celular. “Zé… pode falar“; “Oi?; “Falar!“; “Aaaaaah… tava aqui falando com um brother meu…. cara… parada sinistra com ele. Pode ir aí, pode seguir que eu consigo ficar nos dois de boa.” Nããão!

4 – Resolve entrevistar o coleguinha do lado.

Imagem-em-preto-e-branco-de-duas-alunos-conversando-olhando-para-a-lousa

E você tá lá empolgado contando sua história e o Manelzim resolve cutucar o coleguinha do lado: “maneirinho o esquema de gravação de vocês, né? Desde quando vocês tão gravados“Porrrraaaaa!! Depois a gente fala sobre isso, preste atenção nessa merda.

5  – Tá doido pra ir embora.

Galaxy-Gear_pixanews-10-e1393256881643

Falta muito pra acabar? O que, uns 10 minutos? Mas demora sempre assim? É tempo pra caralho de gravação, né? Vai tudo isso pra ar mermo? E o que não vai? Mas precisa isso tudo mermo? Depois não fica perigoso pra ir embora daqui da Tijuca não?” Pra que tu veio, viado?

6 – Quer fazer por Skype.

skype

Gravar? Topo, topo, claro! O que, presencial? Pode ser por skype não? Skype? Isso, não? Tá. Eu vou aí.” Chega no dia, o malandro entra no estúdio pra gravar: “Pô, tinha que ser por skype, né? Até o Nerdcast grava por skype, cara. Skype fica bonzão também, bem mais prático. Bora fazer o próximo por skype!” Porra, cria um podcast e faz essa merda por skype!!!

7 – Quer falar sozinho.

sozinho

Gente, vocês sabem que eu sou especialista em mitocôndrias e as mitocrôndrias desde a minha infância têm uma importância muito grande na minha vida, eu estudei em Londres sobre o assunto e...”; “Lucas, calma, agora é só pra dizer se você gosta ou não de estudar que a gente vai rodar pra galera falar também.; “Ah, jura? É que nesse estudo que fiz em Londres...”

8 – Fica mudo.

libras

E hoje estamos com o nosso convidado especial Marcelo Ribeiro! O cara é especialista em mitologia andina, não é?”; “É“; “E a mitologia andina tem umas paradas muito diferentes…“; “É“; “Tem até coisas engraçadas, né, uns deuses bem diferentes do deus cristão.“; “Nem tanto.”; “Fala um pouquinho aí pra gente disso.; “Cara, essa parada que geral já sabe mesmo.” CaralhOoooooOOOoooooo que tu veio fazer aqui????

9 – Bosteja sobre temas paralelos.

neto5

“E hoje estamos aqui reunidos para falar de um tema que todo mundo vai se identificar: briga de trânsito! E nosso convidado Renato Motta vai falar um pouco…”; “Salve, cara, só comentar que porra, tema da semana aí, essa parada do PT e do Temer, tá foda, né, só bandido!;” “Hahaha, e no trânsito tem muito bandido?; “Tem, mas no governo tem mais, né? Brasília tá foda, cara. Tava vendo Jornal Nacional...”; “E você já dirigiu por Brasília?“; “Nunca dirigi em Brasília, mas Bolsomito daqui a pouco assume Brasília aí!”. Onde fica o botão ejetar convidado?

10 – Não tem ideia da pauta e do que tá fazendo ali.

TRAVOLTA-CONFUSO-EM-PULP-FICTION

E aí, vamos começar a gravação?; “Bora, qual o tema mesmo?”; “O da pauta, né?”; “Ah, nem abri, curto pauta não, sou do improviso!”; “Mas a gente pediu pra todo mundo preparar uma musiquinha sobre o tema pra cantar no final.”; “Iiiih… nem vi, não vai rolar essa parada então, deixa pra próxima.” Próxima? Eu ouvi próxima? Huhuhuhahahaha!