Jim Jefferies é um comediante australiano que tem agora seu standup disponível no Netflix para nós brasileiros. De cara, pode-se notar um diferencial de Jim, ele se apresenta como um contador de histórias: “eu amo minha namorada, mas eu conto histórias bem e ela não, então tomara que isso não seja um problema no futuro.” Jim foge do modelo batido de curtos setups e punchlines da comédia standup sempre compostos de exagero e repetição. As histórias de Jim possuem uma construção mais elaborada com variações de personalidade conforme ele as narra , gerando uma certa polifonia no discurso. Jim encarna bem vozes que não são necessariamente a sua, sem precisar assumir declaradamente um personagem, mantendo assim a característica standup do show. Para quem gosta de rir de temas considerados polêmicos, Jim Jefferies é um acerto. Para os melindrosos, é melhor continuar tentando ver a Turma do Didi no Viva: machismo, sexualidade, pornografia, pedofilia, deficiência física são temas do show. Lendo isto, pode-se pensar que ele é uma espécie de Rafinha Bastos, um polemicista pela polêmica, mas não. Jefferies tem um conteúdo político bem elaborado. Argumenta com humor, em pleno EUA, que é favorável ao desarmamento e debocha do belicismo norte-americano, evocando seu direito de liberdade de expressão. Jefferies é engraçado para quem gosta das piadas mais circunstanciais e causos tolos, mas também para quem está interessado em um bom debate político. Um StandUp diferente de 99% deles, um standup com o qual é possível rir. Eu diria rir e refletir, mas se refletir em algum momento for seu critério para ver um vídeo de standup é melhor procurar os vídeos da Marilena Chaui no YouTube.

jmi2

Aos 17 minutos, no Netflix

jmi1

Aos 41 minutos no Netflix

jmi3

Aos 43 minutos, no Netflix

Sobre o autor

Cacofonias

Carioca do século passado. Pós-doutor em nada. Defensor de uma reforma ortográfica em que escrever errado seje certo. Usuário de piadas pesadas. Roteirista de humor. Pai do Borges, o gato. Host do Minuto de Silêncio.

Posts relacionados